Famílias de Vitória consomem menos em junho

Consumo das famílias capixabas apontou queda em todos os indicadores, e em relação ao mês anterior o índice retraiu 7,3 pontosA expectativa de consumo das famílias segue em deterioração, reduzindo pela segunda vez consecutiva. Em junho, o índice apontou recuo de -7,3 pontos, registrando 104,2 pontos ante 111,5 pontos em maio, segundo pesquisa divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Espírito Santo (Fecomércio-ES). Apesar do resultado, o índice ainda mantém-se acima da zona de indiferença (100 pontos), indicando um nível favorável.Segundo o vice-presidente da Fecomércio-ES, João Elvécio Faé, a inflação em alta e a elevação dos juros causam maior aperto no orçamento doméstico e enfraquecem as perspectivas de consumo.“Todos os índices de confiança, tanto do consumidor quanto dos empresários, estão apresentando essa queda. É uma tendência macroeconômica do país. Em relação ao consumidor, eu apontaria como motivo da queda o crédito e os juros altos”, disse Faé.As famílias estão menos seguras em relação ao emprego atual, chegando a 127,7 pontos em junho ante a 133,6 pontos em maio. O otimismo com a renda atual também deflagrou, passando de 119,8 ponto em maio para 110,2 pontos neste mês. O mesmo aconteceu com o nível de consumo, que caiu, 91,8 pontos em junho, ante a maio 95,4 pontos.Em junho, todos os indicadores recuaram impulsionados pela estagnação da economia. A perspectiva profissional e o otimismo em relação a compra a prazo registraram leve queda de, respectivamente, 89,2 pontos e 107,8 pontos, ante a maio que foi 98,9 pontos e 113,3 pontos. As famílias também estão menos otimistas com as perspectivas de consumo, que registrou 103,8 pontos neste mês, enquanto em maio foi de 107,4 pontos.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique atualizado

Assine e receba nosso conteúdo em sua caixa de entrada.

Formulário Newsletter