INTEGRADO AO SISTEMA FECOMÉRCIO ES
  • Sindical

  • Institucional

  • Serviços

  • Comunicação

  • Contato
  • Notícias
  • Fotos

  • CARTÃO DO EMPRESÁRIO


Intenção de consumo das famílias caiu em abril

Publicado em 27/04/2022

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) de Vitória-ES caiu 1,4% em abril na comparação com março de 2022 marcando 73,5 pontos. Em relação ao mesmo mês de 2021 o índice ficou praticamente estável (+0,3%). Os sete subíndices pesquisados apresentaram queda na comparação com o mês anterior, com destaque para Renda Atual (-3,2%) e Compra a Prazo (-3,1%). 


Cabe lembrar que esse indicador oscila no patamar de insatisfação (abaixo de 100 pontos) desde fevereiro de 2015. As piores marcas da série histórica foram em 2017, com média anual de 45,3 pontos, e em 2018 que obteve média anual de 47 pontos. Em 2020, a média anual ficou em 75,4 pontos e, em 2021, 71,1 pontos.


O presidente da Fecomércio-ES, José Lino Sepulcri, avalia que a pesquisa mostrou dois quesitos que vem afetando o poder de compra e provocando cautela entre os consumidores: inflação e taxas de juros altas. Dessa forma, houve a deterioração da avaliação das famílias sobre a Renda Atual e as condições de Compras a Prazo em abril. Os desafios de 2022 passaram da crise sanitária em si para os reflexos dela, somados aos movimentos no exterior e as eleições no Brasil. As percepções relacionadas ao emprego (atual e perspectivas) ficaram praticamente estáveis e é um sinal de alerta para os próximos meses, pois se refere a um importante fator de recomposição de renda, que reflete diretamente na disposição a consumir. A boa notícia é que o mercado de trabalho no Espírito Santo segue em crescimento.


Resultados Abril 2022


Intenção de Consumo. A intenção de Consumo das Famílias de Vitória caiu 1,4% em abril com relação a março, marcando com 73,5 pontos. Em relação ao ano passado, o indicador apresentou leve alta de 0,3%. O índice varia de 0 a 200 pontos, onde 0 é insatisfação total, 100 indiferença e 200 satisfação total em consumir. 


Emprego.  O Emprego Atual apresentou recuo de 0,5% em relação ao mês anterior e frente ao ano passado obteve variação positiva de 14,6%, marcando 97,1 pontos. Esse indicador sinaliza o quão seguro o consumidor se sente no emprego atual. Já a avaliação das Perspectivas Profissionais, que mostra a expectativa de uma melhoria profissional nos próximos meses ficou estável frente ao mês anterior e 8,4% maior que no ano passado, marcando 93,6 pontos. 


Consumo.  O Nível de Consumo Atual caiu 0,4% em abril frente a março e subiu 4,5% em relação ao ano passado, marcando 53,3 pontos. Nesse indicador as famílias analisam se estão comprando mais ou menos em comparação ao ano passado. A avaliação das Perspectivas de Consumo para os próximos meses caiu 1,0% na comparação mensal e subiu 5,5% em relação ao mesmo mês do ano passado, marcando 78,3 pontos. As famílias aqui refletem sobre o consumo para os próximos meses avaliando se será maior ou menor. 


Renda e Crédito.  O indicador de satisfação da Renda Atual caiu 3,2% contra o mês anterior e ficou 7,2% menor em relação ao mesmo mês em 2021, com 73,3 pontos. Compras a Prazo, na qual avaliam sobre o atual acesso ao crédito em relação ao ano passado, caiu 3,1% frente ao mês anterior e 11,2% frente a abril de 2021, ficando com 87,4 pontos. O Momento para Duráveis teve queda de 0,9% frente ao mês anterior e de 20,0% em relação ao ano passado, marcando 31,3 pontos.


Intenção de Consumo por Renda Familiar


Por faixa de renda familiar, a intenção de consumo das famílias de Vitória das duas faixas de rendimento analisadas pela pesquisa (até 10 salários mínimos (s.m.) e acima de 10 s.m.) estão no nível de insatisfação.


Brasil

A ICF apurada para o Brasil marcou 78,5 pontos, com alta mensal de 2,7%. Em comparação com o mesmo mês de 2021 mostrou alta de 11,1%.


Nota Técnica


Os dados da Pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) são coletados em âmbito nacional pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e disponibilizados às federações estaduais para elaborarem as análises de seus estados. A ICF possui capacidade de medir a avaliação que os consumidores fazem sobre aspectos importantes da condição de vida de sua família. Trata-se de um indicador antecedente do consumo a partir do ponto de vista dos consumidores. A pesquisa é realizada com cerca de 500 famílias residentes no município de Vitória – ES. A análise dos dados de Vitória-ES é realizada pela Assessoria Econômica da Fecomércio-ES. 




Intenção de consumo das famílias caiu em abril

Compartilhe:

 

 

Visitas: 89



CONTATO


NEWSLETTER


LOCALIZAÇÃO


REDES SOCIAIS


Onde estamos

Este site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Leia nossa Política de privacidade.