INTEGRADO AO SISTEMA FECOMÉRCIO ES
  • Sindical

  • Institucional

  • Serviços

  • Comunicação

  • Contato
  • Notícias
  • Fotos

  • CARTÃO DO EMPRESÁRIO


Endividamento e inadimplência das famílias capixabas permanecem sem grandes alterações em novembro

Publicado em 15/12/2021


Os dois indicadores têm ficado praticamente estáveis desde agosto de 2021

O endividamento das famílias de Vitória cresceu na passagem de outubro para novembro de 2021 para 68,4% (0,7 ponto percentual maior). Em relação a 2020, o endividamento ficou 2,5 p.p. maior. A inadimplência também não apresentou grande alteração diminuindo para 27,5% em novembro, ficando 0,2 p.p menor frente a outubro. Em relação a novembro do ano passado, a inadimplência ficou 6,3 p.p. menor;

Em relação ao patamar pré-pandemia, representando aqui pela média dos indicadores em 2019, o endividamento ficou maior (68,4% em novembro de 2021 contra 65,3% da média anual de 2019), mas a inadimplência bem abaixo (27,5% em novembro de 2021 contra 38,5% da média do ano de 2019).

Assim como aconteceu na pesquisa de outubro, no mês de novembro os indicadores de endividamento e inadimplência das famílias de Vitória-ES não registraram grandes alterações em relação ao mês anterior. O endividamento foi 0,7 ponto percentual maior, passando a 68,4% dos entrevistados afirmando estar endividados em novembro com cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, crédito consignado, empréstimo pessoal e/ou prestação de carro e casa. 

A inadimplência também ficou praticamente estável, com leve queda de 0,2 ponto percentual, passando a 27,5% em novembro. Essa é uma importante medida de qualidade do endividamento e mostra o percentual de famílias que afirmaram que não terão condições de pagar suas dívidas no prazo acordado. Já aqueles que não terão condições de pagar as dívidas atrasadas no próximo mês permaneceram em 12,5%.

O presidente da Fecomércio, José Lino Sepulcri, pontua que o endividamento e a inadimplência, que mede a qualidade do endividamento, têm ficado praticamente estável nos últimos três meses. “Isso mostra uma mudança de comportamento das famílias, cautela no consumo e diminuição na contratação de crédito. É possível que esse cenário mude um pouco na pesquisa de dezembro devido aos reflexos de datas importantes como o Black Friday (final de novembro) e Natal. Ainda assim, se observa a preocupação das famílias com o equilíbrio do orçamento diante das incertezas sobre inflação, juros e continuidade do emprego”, explica.

 
Tipos de dívidas. O cartão de crédito é o principal tipo de dívida, sendo apontado por 87,3% das famílias endividadas. A categoria “outros” é o segundo tipo mais representativo (21,8%), com peso maior do financiamento de carro e casa. 

Comprometimento da renda. Entre os endividados, a parcela de comprometimento da renda mensal com dívidas ficou, em média, em 31% e com a renda comprometida pelos próximos 7 meses. Já os inadimplentes afirmaram que o pagamento está atrasado, em média, há 63 dias. 


Brasil

O número de endividados no País em novembro ficou em 75,6%, representando uma alta de 1,0 ponto percentual na comparação com o mês anterior e um aumento de 9,6 pontos percentuais frente ao ano passado. O percentual de inadimplentes ficou em 26,1% e daqueles que afirmaram que não terão condições de pagar suas dívidas permaneceu para 10,1%.


Nota Técnica

Os dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) são coletados em âmbito nacional pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e disponibilizados às federações para a elaboração das análises de seus estados. A pesquisa é realizada com uma amostra de, no mínimo, 500 famílias residentes no município de Vitória – ES. A análise dos dados de Vitória-ES é realizada pela Assessoria Econômica da Fecomércio-ES. 

Acesse o levantamento completo!

Endividamento e inadimplência das famílias capixabas permanecem sem grandes alterações em novembro

Compartilhe:

 

 

Visitas: 304



CONTATO


NEWSLETTER


LOCALIZAÇÃO


REDES SOCIAIS


Onde estamos

Este site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Leia nossa Política de privacidade.