INTEGRADO AO SISTEMA FECOMÉRCIO ES
  • Institucional

  • Sindical

  • Serviços

  • Notícias
  • Comunicação

  • Fotos

  • Contato
  • Comércio Seguro


Endividamento das famílias cai pela segunda vez consecutiva em setembro

Publicado em 23/10/2020

O indicador aos poucos está retornando aos níveis pré-crise

DESTAQUES

O endividamento em setembro ficou em 69,7%, sendo 4,1 pontos percentuais menor que em agosto. Em relação a 2019 ficou 6,9 p.p. maior;

A inadimplência apresentou leve crescimento para 34,8% em setembro, sendo 0,5 p.p. maior que em agossto. Frente ao ano passado, ficou 3.0 p.p. maior;

Mesmo com toda situação de crise, cabe observar que não houve uma deterioração do indicador em 2020 já que em 2018 a inadimplência teve uma média anual de 47,6% e em 2019 de 38,5%;

No período da crise e diante das incertezas, as famílias passaram a comprar apenas o necessário e buscaram controlar o orçamento, o que segurou uma “explosão” negativa dos percentuais.

ANÁLISE COMPLETA

Pelo segundo mês consecutivo o endividamento das famílias de Vitória com dívidas em cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, crédito consignado, empréstimo pessoal e prestação de carro e de casa recuou. O indicador aos poucos está retornando aos níveis pré-crise ficando abaixo de 70%. 

A pesquisa de setembro mostrou que 69,7% das famílias afirmaram estar endividadas. A inadimplência por sua vez, importante medida de qualidade do endividamento, ficou 0,5 pontos percentuais acima do mês anterior, mostrando que 34,8% das famílias não conseguirão pagar suas dívidas no próximo mês. Mesmo com toda situação de crise, cabe observar que não houve uma deterioração do indicador em 2020 já que em 2018 a inadimplência teve uma média anual de 47,6% e em 2019 de 38,5%. 

A Fecomércio-ES avalia que no período da crise e diante das incertezas, as famílias passaram a comprar apenas o necessário e buscaram controlar o orçamento, o que segurou uma “explosão” negativa dos percentuais. Hoje, com a retomada gradativa dos empregos e da economia, os ajustes realizados pelas famílias tem permitido aos consumidores retornarem às compras. Os programas de manutenção do emprego e da renda junto à baixa inflação e juros menores também têm contribuído para esse cenário. 

Resultados Setembro

Endividamento. O endividamento das famílias de Vitória apresentou mais uma queda na passagem do mês de agosto para setembro de 2020, ficando em 69,7%, o que corresponde a cerca de 92 mil famílias da capital. Em relação a 2019 o endividamento ficou 6,9 p.p. maior.

Inadimplência. A inadimplência também apresentou leve alta em setembro ficando em 34,8%, sendo 0,5 p.p. maior frente ao mês anterior e corresponde a cerca de 46 mil famílias com pelo menos uma conta ou dívida em atraso. Frente ao ano passado, a inadimplência ficou 3,0 p.p. maior. O percentual daquelas cuja expectativa é que não tenham condições de pagar as dívidas em atraso no próximo mês caiu para 14,4%. 

Tipos de dívidas. O cartão de crédito continua figurando como o principal tipo de dívida, sendo apontado por 74,3% das famílias endividadas. A categoria “outros” é o segundo tipo mais representativo (38,9%).

Comprometimento da renda. Entre os endividados, a parcela de comprometimento da renda mensal com dívidas ficou, em média, em 29,6% e com a renda comprometida pelos próximos 7 meses. Já os inadimplentes afirmaram que o pagamento está atrasado, em média, há 52 dias. 

Análise por Renda Familiar

O maior nível de endividamento e inadimplência está concentrado nas famílias de renda mais baixa (renda familiar até 10 salários mínimos). Enquanto para esse grupo o nível de endividamento está em 71,9% e o de inadimplência em 37,5%, para o outro grupo (com renda familiar acima de 10 s.m.) o endividamento está em 55,7% e a inadimplência em 19,2%. 

Brasil

O número de endividados no País caiu para 67,2% em setembro, representando um recuo de 0,3 pontos percentuais na comparação com o mês anterior e de 2,1 pontos percentuais frente ao ano passado. O percentual de inadimplentes caiu para 26,5% e daqueles que afirmaram que não terão condições de pagar suas dívidas no próximo mês ficou em 12,0%.


Nota Técnica

Os dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) são coletados em âmbito nacional pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e disponibilizados às federações para a elaboração das análises de seus estados. A pesquisa é realizada com uma amostra de, no mínimo, 500 famílias residentes no município de Vitória – ES. A análise dos dados de Vitória-ES é realizada pela Assessoria Econômica da Fecomércio-ES. 

Imagem: Pinnacleanimates - Banco de imagem 
Endividamento das famílias cai pela segunda vez consecutiva em setembro

Compartilhe:

 

 

Visitas: 71



CONTATO


NEWSLETTER


LOCALIZAÇÃO


REDES SOCIAIS


Onde estamos

Este site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Leia nossa Política de privacidade.