INTEGRADO AO SISTEMA FECOMÉRCIO ES
  • Institucional

  • Sindical

  • Serviços

  • Comunicação

  • Notícias
  • Imagens

  • Contato


Black Friday pode gerar alta de até 15% no comércio capixaba

Publicado em 05/11/2019

Comerciantes e consumidores se preparam para a liquidação
 
Em 2010, o mês de novembro ganhou um novo significado no varejo brasileiro com a Black Friday. A ação que tem mobilizado comerciantes em oportunidades de vendas no varejo, onde aproveitam um grande giro de estoque e conseguem investir em novos produtos. Em 2019, a expectativa de vendas do comércio para a Black Friday 2019 no comércio capixaba é de uma alta entre 10 e 15% em relação ao ano passado, dependendo do segmento. No ano de 2018, o mês de novembro registrou uma alta de 10,7% nas vendas em relação ao mesmo mês em 2017.
 
Marcada para acontecer no dia 29 novembro neste ano, a liquidação é mais uma oportunidade para o comércio estimular as vendas e fechar o ano positivo. A promoção vem cada vez mais se consolidando no cenário brasileiro e os comerciantes se prepararam com antecedência, negociando com a indústria para conseguir descontos atrativos para o consumidor.
 
Um dos fatores que ainda pesam sobre a data é a credibilidade das promoções e o empresário tem que estar atento, pois o consumidor tem pesquisado com antecedência sobre os produtos que deseja comprar.
 
De acordo com o presidente da Fecomércio-ES, José Lino Sepulcri, o empresário do comércio capixaba está mais confiante para esse final de ano e iniciativas como essa são importantes para promover as vendas, tendo em vista liberação de recursos das contas do PIS/Pasep e do FGTS vem o estímulo para o consumo. “Gradativamente, o mercado de trabalho formal tem apresentado avanços no Estado, assim como a intenção de consumo das famílias, o que cria um ambiente de boas expectativas”, explica.
 
Nessa época, geralmente, as categorias mais impactadas são as de eletrônicos, eletrodomésticos, telefonia celular e informática. Mas, de forma geral, todos os segmentos acabam sendo influenciados pelo ambiente de descontos. Apesar da proximidade com o Natal, a promoção não representa grande ameaça para as vendas de dezembro já que, majoritariamente, é usada para compras de uso próprio e produtos mais específicos. 
 
 
Online x Física
 
Uma pesquisa feita pelo Google em parceria com a consultoria Provokers, realizada a nível Brasil, mostrou que o consumidor deverá comprar tanto em lojas físicas, quanto na internet. Esse ano haverá uma maior integração entre os canais físicos e digitais, pois, além de uma maior adesão de lojas físicas ao evento, a opção de comprar pela internet e retirar na loja foi aprovada pelos consumidores, pois elimina o valor cobrado pelo frete. O consumidor também já entendeu que a Black Friday não é só digital, mas também física.
 
As promoções devem acontecer durante todo o mês de novembro, o que corresponde à expectativa dos consumidores: 76% dos entrevistados entendem que o período de promoções se estende ao longo do mês de novembro. Os números da pesquisa também mostraram que 69% deles já sabem o que pretendem comprar.

Black Friday pode gerar alta de até 15% no comércio capixaba

Compartilhe:

 

 

Visitas: 87



CONTATO


NEWSLETTER


LOCALIZAÇÃO


REDES SOCIAIS


Onde estamos

Este site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Leia nossa Política de privacidade.